Natureza & Aventura, Sem categoria

Conheça a Casa de Pedra

Olá, exploradores aventureiros! Essa semana vou falar para vocês sobre a trilha da Casa de Pedra. Muitos devem ter ouvido falar, outros já foram conhecer, mas muitos não devem nem saber do que estou falando rs.

Então, acredito que o Morro das Andorinhas seja familiar, certo? Para quem não conhece, clica aqui pra conferir.

A maioria das pessoas normalmente só vai até o terceiro mirante, com vista para Itacoatiara, porém há mais coisa a ser explorada nessa trilha. Depois de chegar nesse terceiro mirante, continue a trilha, adentrando a vegetação, percorrendo uma leve subida. Após alguns minutos de caminhada, a trilha se torna mais plana, surgindo um pequeno mirante à esquerda e ao passar dele, a trilha começa a descer.

Terceiro mirante da trilha do Morro das Andorinhas. Foto: Gabriela Gismonti

Logo à frente, em pouco tempo de descida, surgirá uma entrada à direita com uma trilha curta, mas que leva a um mirante sensacional, com muitos cactos, bromélias e com um ângulo totalmente novo.

Mirante “dos cactos”. Foto: Gabriela Gismonti

Vista do mirante. Foto: Gabriela Gismonti

Retorne pela mesma trilha que o levou até a esse mirante e prossiga pela trilha que segue descendo. Passe direto por uma bifurcação à esquerda e continue o caminho na descida, que, após alguns metros, surgirá outra bifurcação à direita.

Essa bifurcação levará até a Casa de Pedra, porém, se continuar a descida, mais alguns metros à frente, chegará até um costão rochoso, conhecido como Ponta das Andorinhas, o qual possui uma vista para as Ilhas da Menina e da Mãe e do outro lado é possível observar a Praia de Itacoatiara.

Ponta das Andorinhas com vista para as Ilhas da Mãe, que é a da frente, e da Menina. Foto: Daniel Schimada

Ponta das Andorinhas com vista para a Praia de Itacoatiara. Foto: Daniel Schimada

Para ir para a Casa de Pedra, basta voltar pelo caminho que desceu para o costão rochoso até a bifurcação falada no parágrafo acima, porém como está voltando, deve-se virar à esquerda.

Essa parte da trilha possui vegetação mais fechada, com árvores maiores. Seu início é uma descida bem íngreme, mas ao longo do caminho vai ficando mais plano até chegar numa área descampada. Continuando o caminho, você chegará em outra área descampada e verá um aglomerado de blocos de pedras que vão até o mar, por isso o nome Casa de Pedra. Desça com cuidado ou leve uma corda de apoio (existem grampos instalados antes da descida para fixar cordas e proporcionar mais segurança) e passando essa descida, o restante do caminho é bem tranquilo.

Veja mais fotos:
Descida com auxílio de uma corda que já se encontrava no local. Foto: Gabriela Gismonti

Vista da área descampada e da casa de pedra no final da trilha. Foto: Gabriela Gismonti

As pedras da Casa de Pedra e final da trilha. Foto: Gabriela Gismonti

Foto: Daniel Schimada

Vista para a Praia de Itaipu, que se encontra por volta de uns 600 metros de distância. Foto: Gabriela Gismonti

Vista da água. Foto: Daniel Schimada

Aproveite, tire muitas fotos e se for entrar na água, cuidado com os ouriços e mexilhões! 😀

E aí, já conhecia a Casa de Pedra? O que achou?

Author: Gabriela Gismonti

Gabriela Gismonti, nascida em Portugal, criada no Brasil desde os 3 anos. Vive em Niterói, ama fotografar e principalmente se aventurar. Graduanda em biologia na UFRJ, está sempre trilhando e conhecendo nossa Niterói por cima. Aqui no Explore Niterói, irá compartilhar um pouco dessas aventuras com a gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *