Entrevista, Niteroiensis, Notícias

Entrevista: Jout Jout lança seu livro em Niterói

A youtuber niteroiense Julia Tolezano (Jout Jout) lançou ontem (24), na Saraiva do Plaza Shopping, seu livro “Tá todo mundo mal”, em que fala sobre as crises por que todos nós passamos.

Ontem rolou o lançamento do livro Ta todo mundo mal, da Jout Jout. A nossa equipe correu lá na Saraiva do Plaza Shopping pra acompanhar tudo de pertinho.

Como era de se esperar, a livraria estava completamente lotada – tinha gente lá desde cedo pra garantir as primeiras senhas e ficar pertinho da youtuber.

exploreniteroi.com.br

exploreniteroi.com.br

A gente ficou pertinho da Jout e conseguiu conversar dois minutinhos (contados) com ela durante a sessão de autógrafos que contou com mais de 500 pessoas (imaginem!).

Quando a Julia chegou, foi um frenesi. Todos os fãs entoaram o coro “Julia eu te amo” e “Olha o cajado

Pegamos uma caroninha com o repórter do Jornal Extra (valeu, Wilson!) e entrevistamos a musa máxima do Youtube.

exploreniteroi.com.br

Quando perguntada sobre Niterói, Jout respondeu: “Acho ótimo Niterói, eu super amo Niterói. Não sou daqueles niteroienses que tem vergonha de Niterói, que renegam Niterói. Eu sou perdidamente apaixonada por Niterói” – só aqui ela já ganhou nosso coração, a gente queria abraçar a Jout Jout e não soltar mais.

Sobre ver quando os views do youtube se tornam pessoas, Jout Jout disse que “É muito louco quando isso acontece, porque você só vê os numerozinhos e de repente você vê as pessoas e elas choram e tremem e sorriem e te amam muito. É tipo “huhuhu” – e aqui ela parou, olhou pra gente e disse “não dá pra descrever isso, né, huhuhu.” Dá sim, JoutJout. É assim, ó:

exploreniteroi.com.br

“Esse é o único momento que eu vejo as pessoas, de fato, então assim eu me apego a cada segundo. Sou pisciana, ne, pisciano é carente. É foda. Então esses momentos são, assim, maravilhosos”

Sobre o motivo pelo qual ela criou o canal, a resposta foi “Eu queria colocar a minha cara a tapa. Queria colocar as coisas que eu fizesse no mundo, só que eu não queria escrever e falei “ah, vou fazer uns vídeos”. Aí foi meio que isso. Pra vencer o meu medo de críticas. E aí eu escrevi depois e agora vou ter que vencer o meu medo de críticas de novo. Só que dessa vez, escrito.”

exploreniteroi.com.br

E escrever um livro, como é? “É outro processo, mas é igualmente delicinha. Eu espero que eles gostem muito, mas eu estou pronta pra receber qualquer tipo de reação, porque as pessoas tem que gostar ou não gostar das coisas que elas tem que gostar ou não gostar e eu não posso interferir nisso.”

E a pergunta que a gente mais queria fazer, como era pra ela lançar o livro em Niterói: “Ah, eu fiz questão da primeira ser em Niterói. Aonde mais seria, sabe?” Falamos sobre o fato dela se sentir em casa “sim, muito, porque é Niterói, ne. Tinha que começar por Niterói.”

Apresentamos o Explore pra ela, demos uma camisa nossa de presente e ela ficou muito ~felizinha~. Foi uma fofa com a nossa equipe. {linda!}

Também falamos com Caio Franco, namorado da Jout Jout e autor do prefácio do livro.

exploreniteroi.com.br
foi mal, Caio. Nem tiramos foto sua :O

Equipe Explore Niterói: Como é estar aqui com a Julia lançando o livro, como foi o processo todo?
Caio Franco: Foi curioso, porque é uma coisa que ela sempre quis e quando chegou, finalmente, ela ficou muito sem saber o que fazer, mas depois ela achou um rumo e foi ótimo, bem bacana.

Explore Niterói: O prefácio do livro é seu, como foi participar do livro?
Caio: Ela me chamou pra escrever e foi uma coisa meio que… sentei e escrevi fácil. Não demorei muito pra escrever, não, porque estava ali sempre acompanhando esse processo do livro então foi uma coisa bem tranquila.

A gente esqueceu, mas a leitora Karen Patitucci mandou foto do Caio

 

e com o Caio. Valeu, Karen!
e com o Caio. Valeu, Karen!

Explore Niterói: A gente queria saber como é a sua relação com a cidade de Niterói. Se você já conhecia a cidade antes ou passou a frequentar por causa da Julia?
Caio: Não, não tinha [relação com a cidade]. Conhecia tipo o MAC e outras coisas. Comecei a namorar a Julia e comecei a vir muito e a sair mais por Niterói. Hoje eu gosto de Niterói. O chato é o deslocamento, dependendo da hora eu tenho que planear muito, porque eu moro no Rio. Mas fora isso, eu gosto de Niterói.

Explore Niterói: Alguma coisa na cidade te cativa?
Caio: Eu gosto muito do por do Sol daqui, lá de São Francisco, é muito bonito. E os italianos (aeee, um carioca falando italiano \o/) são gostosos, os salgados, geralmente, são melhores. – aí a gente perguntou se era melhor que joelho e a resposta foi sensacional – Bem melhores! Eu nem como joelho, só como italiano.

exploreniteroi.com.br

E aí tinha uma fila enorme de gente pra falar com o Caio também e a gente saiu de fininho.

Jout Jout, a gente deseja muito sucesso pra você e espera que você continue mostrando Niterói pro mundo inteiro – porque a gente entende o seu amor pela Cidade Sorriso.

Author: Explore Niterói

Explore Niterói é um guia turístico diferente. Feito por quem ama e vive na cidade de Niterói, explora todos os cantinhos da Cidade Sorriso com amor. Vem com a gente! #exploreniteroi contato@exploreniteroi.com.br

4 Comments on “Entrevista: Jout Jout lança seu livro em Niterói

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *