Agenda Cultural, De graça, Entretenimento, Notícias

Agenda Cultural | Festival Nacional de Cultura Popular Interculturalidades

Alagoas se encontra em Niterói e recebe homenagem a Nelson da Rabeca

Haverá também o show coletivo ‘Sanfonada’ com Renato Borghetti, Chico Paes, Zé Calixto e grandes nomes do instrumento

Infográfico

A cultura popular alagoana se encontra no Festival Nacional de Cultura Popular – Interculturalidades, realizado pelo Centro de Artes UFF, da Universidade Federal Fluminense. As apresentações de artistas do estado começam no dia 1º de setembro, às 17h, com o “Encontro de Rabequeiros”, em homenagem a Nelson da Rabeca. No dia seguinte, 2 de setembro, às 18h, Dona Zeza do Coco apresenta o ritmo alagoano que leva no seu nome. Em seguida, às 20h30, o cantor alagoano Rogério Dyas faz show junto com a sua banda A Trincheira. Na ocasião, apresentam uma junção de ritmos com poesia, dança, coco, forró, boi e maracatu.

Nesta terceira semana do festival haverá ainda outros destaques, como o show coletivo “Sanfonada”, no dia 5 de setembro, às 20h, no Teatro da UFF. Para isso, serão reunidos grandes nomes do instrumento: Renato Borghetti, Chico Paes, Zé Calixto, Mará dos 8 baixos e Léo Rugero. Outro ponto da semana são os seis shows da “Nova Cena da Música”, no dia 8 de setembro, a partir das 16h, no Teatro da UFF.

Outros dois grandes shows fazem parte da programação. A cantora Roberta Sá e o instrumentista Marcello Gonçalves, no violão, apresentam canções como “Faceira”, de Ari Barroso; “Silêncio de um minuto” e “X do problema”, de Noel Rosa; e “Não me olhe assim”, de Mário Lago e Erasmo Silva). Já o cantor e compositor Alceu Valença, acompanhado pelo violão de Paulo Rafael e pela sanfona de André Julião, faz show acústico e interpreta canções dos seus 40 anos de carreira. No repertório, “Tropicana”, “Coração Bobo”, “Anunciação” e “Íris”.

Aviso importante: O show da Roberta Sá e do Marcello Gonçalves será no Teatro da UFF, no dia 6 de setembro, às 20h. As senhas serão distribuídas no dia 1º de setembro, às 16h.

O show do Alceu Valença será no Teatro da UFF, no dia 7 de setembro, às 20h. As senhas serão distribuídas no dia 2 de setembro, às 16h.

A seguir a mais detalhes sobre a programação musical de 1º a 8 de setembro.

Encontro de Rabequeiros

De Alagoas, Nelson da Rabeca é uma das maiores referências na construção do instrumento no país. O encontro de rabequeiros em sua homenagem reunirá, no mesmo palco, Guilherme Bedran, Marcos Moletta, Rodrigo Bis, Beto Lemos, Filpo Ribeiro e Daniel Souto.

Encontro de Rabequeiros:

Quando: Quinta-feira, 1 de setembro de 2016, às 17h
Onde: Centro de Artes UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí
Telefone: 3674-7512
Censura: livre

Dona Zeza do Coco

Nome tradicional do coco alagoano, Dona Zeza iniciou a trajetória artística na cultura popular ainda criança. Ao longo de trinta anos de carreira, a artista leva seu talento por onde passa, é considerada a sucessora de mestre Hilda, famosa ‘dama’ do ritmo na região. O coco alagoano é uma dança cantada, sendo acompanhada pela batida dos pés ou tropel. Também é denominada de pagode ou samba.

Serviço Dona Zeza do Coco:

Quando: Sexta-feira, 2 de setembro de 2016, às 18h
Onde: Centro de Artes UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí
Telefone: 3674-7512
Censura: livre

Rogério Dyas e a Trincheira

O poeta e cantor alagoano Rogério Dyas e a banda A Trincheira trazem para o show uma junção de ritmos com poesia, dança, coco, forró, boi e maracatu. Nesta apresentação, as múltiplas expressões da cultura popular nordestina são representadas. A banda é formada por Théo Batera, Gustavo Rolo, Júnior Core, Rodrigo Zolet, Marvin Guaxinin, Ana Carla Moraes e Jairon Santos.

Serviço Rogério Dyas e a Trincheira:

Quando: Sexta-feira, 2 de setembro de 2016, às 20h30
Onde: Centro de Artes UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí
Telefone: 3674-7512
Censura: livre

Roda sobre sanfona de 8 baixos

Dividida em baixo, fole e teclado com 21 teclas, a sanfona de 8 baixos será o elo do “Encontro de Tocadores”. Nesta roda sobre a sanfona de 8 baixos, representantes das principais regiões do país, nas quais o instrumento se difundiu e ganhou expressividade, serão reunidos: Renato Borghetti, Chico Paes, Zé Calixto, Mará dos 8 baixos e Léo Rugero

Serviço Roda sobre sanfona de 8 baixos:

Quando: Segunda-feira, 5 de setembro, às 18h
Onde: Centro de Artes UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí
Telefone: 3674-7512
Censura: livre

Sanfonada

No show coletivo “Sanfonada”, estarão reunidos os principais nomes do instrumento musical. Renato Borghetti, Chico Paes, Zé Calixto, Mará dos 8 baixos e Léo Rugero estarão presentes.

Serviço Sanfonada:

Quando: Segunda-feira, 5 de setembro, às 20h
Onde: Teatro da UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí
Telefone: 3674-7512
Censura: livre

Roberta Sá e Marcello Gonçalves no Teatro da UFF

foto: Divulgação
foto: Divulgação

Roberta Sá e o Marcello Gonçalves, no violão, se apresentam no dia 6 de setembro, às 20h, no Teatro da UFF, em Niterói. Nascida em Natal, no Rio Grande do Norte, Roberta Sá arrebatou crítica e público em sua estreia com o disco “Braseiro”, de 2004, firmando-se no time das grandes cantoras brasileiras. No show estão as canções “Faceira”, de Ari Barroso; “Silêncio de um minuto” e “X do problema”, de Noel Rosa; “Não me olhe assim”, de Mário Lago e Erasmo Silva); “Por causa de você”, de Tom Jobim e Dolores Duran; “Ela”, de Gilberto Gil; “Sem fantasia”, de Chico Buarque, entre outras.

Serviço Roberta Sá:

Quando: Terça-feira, 6 de setembro de 2016, às 20h
Onde: Teatro da UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí
Telefone: 3674-7512
Censura: livre

Entrada franca (distribuição de senha individual no dia 1 de setembro, às 16h, na bilheteria do Centro de Artes UFF)

Alceu Valença no Teatro da UFF

foto: Divulgação
foto: Divulgação

Alceu Valença apresenta seu show acústico no dia 7 de setembro, às 20h, no Teatro da UFF, em Niterói. Acompanhado pelo violão de Paulo Rafael e pela sanfona de André Julião, o cantor e compositor pernambucano interpreta canções que o acompanham por todas as ruas e cidades por onde tem andado ao longo de 40 anos de carreira. No repertório, estão as canções “Tropicana”, “Coração Bobo”, “Anunciação”, “Íris”, “Na Primeira Manhã”, “Tesoura do Desejo”, “Táxi Lunar”, entre outras. A apresentação faz parte do Festival Nacional de Cultura Popular – Interculturalidades, realizado pelo Centro de Artes UFF, da Universidade Federal Fluminense. Até o final do festival, no dia 18 de setembro, serão mais de 100 atrações gratuitas de grupos do Norte ao Sul do país.

Serviço Alceu Valença:

Quando: Quarta-feira, 7 de setembro de 2016, às 20h
Onde: Teatro da UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí
Telefone: 3674-7512
Censura: livre

Entrada franca (distribuição de senha individual no dia 2 de setembro, às 16h, na bilheteria do Centro de Artes UFF)

Nova Cena da Música

A nova cena da música brasileira se encontra neste show. Na ocasião estarão reunidos Letto, Júlia e Ivo Vargas, Arthur Fochi e Claos Mozi, e as bandas Gragoatá, Camaleônicos e  Txaiämama (Paulo Beto e Daíra Sabóia).

Letto, às 16h

Cantor, poeta e compositor potiguar, Letto utiliza a música popular como linguagem, pela qual constrói suas letras carregadas de poesia existencialista, extraída das imagens que ilustram o cotidiano. O artista tem na concepção de suas canções um senso de liberdade que o leva a compor de forma aberta e ritmos variados, misturando o Rock com o Carimbó, Cumbia com Forró, psicodelismo, tecnobrega e ritmos afro-brasileiros.

“Dois Varguinhas”, às 17h

A cantora Júlia Vargas apresenta o novo projeto “Dois Varguinhas” ao lado do irmão Ivo Vargas, compositor e incentivador de Júlia desde a infância. Sozinhos no palco, mostram a musicalidade da família. De uma forma bem solta, a apresentação é uma mistura de composições de Ivo, Claos Mózi e outros parceiros, com também algumas canções da MPB.

Gragoatá, às 18h

A Gragoatá começou a tomar forma a partir de pequenos encontros musicais entre Rebeca Sauwen e Renato Côrtes no bairro de mesmo nome da banda em Niterói.  Em 2015, a cantora Rebeca se destacou em sua participação no programa The Voice Brasil. Atualmente, o grupo, formado pelos dois e Fanner Horta, se prepara para lançar seu primeiro álbum de canções autorais que tem previsão de lançamento para outubro de 2016.

Camaleônicos, às 19h

Os Camaleônicos, banda formada em 2013, foi naturalmente seguindo em tons de composições autorais frisando letras nacionais incorporadas de poesias. Entre o soft rock e a música brasileira há um universo vasto retratado nas composições autorais da banda, que tentam criar um dialogo entre as guitarras com fuzz e a leveza da canção brasileira, as melodias doces do surf music com o sentimento do pós-punk.

Txaiämama, às 20h

Txaiämama nasceu da confluência da vontade de quatro amigos, artistas, residentes no Rio de Janeiro depois de uma viagem que fizeram pela América Latina, na qual puderam receber influências das mais diversas culturas e produções artísticas.

Arthus Fochi e Claos Mozi, às 21h

Lançando seu segundo disco solo pela gravadora Porangareté, Arthus Fochi convida o compositor Claos Mozi para dividir o palco do “Suvaco do Mundo” no Festival. O show reunirá canções dos dois compositores que permeiam uma linguagem parecida ao escrever sobre o cotidiano e a política.

Serviço Nova Cena da Música:

Quando: Quinta-feira, 8 de setembro, primeiro show às 16h e último às 21h
Onde: Centro de Artes UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí
Telefone: 3674-7512
Censura: livre

Para acompanhar a agenda atualizada, acesse: http://maratonaculturaluff2016.com.br/festival-nacional-cultura-popular-interculturalidades

Author: Explore Niterói

Explore Niterói é um guia turístico diferente. Feito por quem ama e vive na cidade de Niterói, explora todos os cantinhos da Cidade Sorriso com amor. Vem com a gente! #exploreniteroi contato@exploreniteroi.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *