Natureza & Aventura

O mundo que queremos

Preservar é preciso

Todo mundo já ouviu falar da importância de preservar o meio ambiente, mas você sabe por que é importante? Você está fazendo a sua parte? Vamos mostrar a você algumas maneiras de ajudar!

Sujeira nas águas de São Francisco. Foto: Andrea Grael

Preservar o meio ambiente não deve ser uma atitude apenas de determinados grupos como, por exemplo, os ambientalistas. Deve ser uma atitude geral, afinal, todos nós fazemos parte desse planeta, não é mesmo?

Lixo recolhido na Enseada de São Francisco. Foto: Andrea Grael

Se todos nós contribuirmos, não precisaremos ficar correndo atrás para reduzir os impactos que nossa espécie causa no planeta. Sim, nós, o Homem.

Nossa população conforme os anos passam, cresce cada vez mais, sendo necessário fazer mais uso dos recursos naturais, aumentando ainda mais os impactos. Nós desmatamos, poluímos, emitimos gases poluentes, utilizamos os recursos que a natureza nos oferece, mas ninguém pensa em repor, não é mesmo?

Conscientizar a população sobre esse tema é uma esperança e uma atitude para podermos preservar o ambiente no qual vivemos. Com isso, teremos mais pessoas conscientes, capazes de perceber que o planeta possui limites e que comecem a procurar se informar sobre medidas favoráveis ao meio ambiente em busca de soluções.

Vamos contar algumas dicas que podem até parecer “clichês”, mas acho que você deveria começar a prestar mais atenção nelas:

– Separe seu lixo em casa e no trabalho e coloque na rua no dia da coleta seletiva em seu bairro, tornando possível o processo de reciclagem. Tente reciclá-lo ou reaproveitá-lo também, sempre que possível;

Lixeiras do meu prédio. Foto: Gabriela Gismonti

– Reutilize papéis que iriam para o lixo como rascunho ou bloquinhos de papel;

– Não jogue lixo no chão e nem pela janela do carro. Carregue com você até a lixeira mais próxima. Estando na praia, numa trilha, junte seu lixo e se possível, recolha os que encontrar pelo caminho para ajudar a manter limpo o ambiente que você costuma frequentar;

Foto: Gabriela Gismonti

 

Lixo recolhido em ação voluntária do PESET na trilha do Monte das Orações. Foto: Gabriela Gismonti

 

Lixo encontrado na Enseada de São Francisco. Foto: Andrea Grael

– Não jogue lixo no vaso sanitário, pois além de gerar mais gasto de água, corre o risco de entupir os encanamentos;

– Ande mais a pé ou opte por veículos não poluentes. A bicicleta é uma ótima opção, porque além de diminuir o nível de emissão de gases nocivos à atmosfera, você ainda faz um exercício físico 😉

Foto: Beatriz Guimarães

– Evite o desperdício de água! Ela é um dos recursos mais importantes para nós, mas também é um dos mais frágeis. Feche as torneiras enquanto escova os dentes, enquanto lava a louça, feche o chuveiro enquanto se ensaboa, conserte vazamentos, use baldes para lavar calçadas ou aproveite a água da chuva para isso;

– Leve as panelas que foram usadas para fazer frituras ou que estejam mais difíceis de serem limpas ao fogo para ferver com água + detergente. Isso facilitará a remoção da gordura, usando menos água para lavá-las;

– Não desperdice energia elétrica. Instale lâmpadas de LED. Desligue aparelhos da tomada para evitar sobrecargas e ao sair de algum cômodo, apague as luzes;

– Coloque o óleo que já foi utilizado na fritura em uma garrafa PET e leve até um local que receba óleos usados;

– Reaproveite as cascas de frutas para fazer novas receitas. Por exemplo, você sabia que é possível fazer bolo de casca de banana? Fica muito gostoso!;

– Evite consumir em excesso, compre somente aquilo que necessita;

– Leve para o seu trabalho um copo ou uma caneca para tomar café, evitando o uso de descartáveis;

– Doe roupas, troque e/ou compartilhe objetos que não usa mais.

A preservação do meio ambiente é essencial para o futuro da humanidade. Comece ensinando às crianças o amor e o respeito pela natureza.

Bota encontrada na Praia de Itaipu. Foto: Red Werneck
Para não esquecer:

Constituição Federal de 1988, Art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.

“Tenho pressa que essa gente se conscientize
Que respeite a vida e que economize
Acredito que um dia o homem vá mudar
E que as crianças do futuro vão poder brincar
É preciso paciência para ensinar
E é preciso consciência pra poder mudar
Deixa, deixa os bichos do mar
Deixa, deixa a natureza
Deixa, deixa os bichos do mar
Deixa, deixa a tartaruga”

Chico Martins / Guy Marcovaldi

Author: Gabriela Gismonti

Gabriela Gismonti, nascida em Portugal, criada no Brasil desde os 3 anos. Vive em Niterói, ama fotografar e principalmente se aventurar. Graduanda em biologia na UFRJ, está sempre trilhando e conhecendo nossa Niterói por cima. Aqui no Explore Niterói, irá compartilhar um pouco dessas aventuras com a gente.

3 Comments on “O mundo que queremos

  1. Muito bem colocado! Acho que cada um de nós precisa encerrar o dia tendo feito algo em prol do meio ambiente. São pequenas coisas que não farão perder tempo ou dar muito trabalho… Vamos lá!! O que você ja fez hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *